Andei tendo sonhos estranhos
Não utilizarei palavras difíceis para descrevê-los
Mas, não dispensarei as antíteses.
Tive sonhos frios e calorosos
Alegres e melancólicos
Ensolarados e chuvosos
Odiados e amorosos
Em geral, o classifiquei como um pesadelo.
Um pesadelo estranho e sombrio.
Enquanto eu flutuava levemente
Demônios arrancavam-se das sombras
A fim de buscar a minha alma.
Pobre alma! O que será dela?
Eu acordei. O sonho acabou.
Não poderei contar o final, pois nem eu saberei contar.
Poderei dizer que ando sonhando sonhos estranhos
Mas, dispensarei os pleonasmos.