Na estrada!

16 de Junho de 2014 Miranda Poesias 282

Adentre a estrada
Atenção as árvores que lhe cumprimentam
Acene a lua que reflete o brilho dos seus olhos
Cuidado nas curvas ,pois a chuva vem de mãos dadas com o vento
Olhe a estrada,não ignore seus preceitos
No atalho a iridecência de uma vila fascina
Siga em frente,ame ou odeie,respeite
No fim acalente-se,e volte a estrada...


Leia também
Lembra? há 6 horas

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 9


Principio há 6 horas

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 8


Viandar há 6 horas

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 7


Fluxo do tempo. há 6 horas

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 9


Sou há 6 horas

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 8


Ame...! há 6 horas

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 6