Viver a esperança

23 de Junho de 2014 Pr CJJacinto Poesias 209

Te acalma minha  alma
Tanto lamentas por sentir
A agonia do sofrer

Entra em repouso
Como as aguas na praia
Que descansam na areia
Como as rosas

Que o vento faz balançar
Leva consigo o perfume
Te acalma minha alma

Não chores por tantas coisas
Pois a luz brilha no caminho
Como as estrelas solitarias

Que perseguem o romper da aurora
Levando consigo o silencio
Entra na essência dos sonhos

Medita no tempo presente
Mergulha na experiência do agora
E vive a esperança sempre

Clavio J. Jacinto



Leia também
Minha essência é a eternidade. há 2 horas

Manhã cinza dia tão estranho e ruim, Paira no ar uma sensação de fraca...
elisergio Sonetos 5


LAMPEJOS há 2 horas

LAMPEJOS Eu pouco a pouco volto à realidade. Ao acordar, lamento antes...
ricardoc Sonetos 5


Deixe Esse Amor Crescer há 18 horas

Deixe esse amor crescer... Ele está brotando em um coração árido. De...
a_j_cardiais Sonetos 33


Ás palavras não são mais meu legado. há 19 horas

Fiz-me silenciar por que te perdi! Tu me revogara a licença concedida, D...
elisergio Sonetos 7


Não há o que comemorar. há 19 horas

Não há de fato o que comemorar! A virgem do sertão não é independente...
elisergio Sonetos 6


A vida depois daqui! há 19 horas

Ver que a morte não é o fim, é o início! Disse-me com amor chamando de...
elisergio Sonetos 7