Já roubou meu amor

Já roubou meu pensar

Já roubou tudo o que você sempre quis

Já roubou o nosso cantinho

Não é porque nós não queremos

Nem porque não desejamos

É a incondicional felicidade que necessitamos

Ora invejamos

Ora amamos

Não é superficial

É indescritível

Ficando somente entre nós

O doce mel

Da personificação

Do jeito de ser!