Escrevo para me livrar das mágoas

30 de Junho de 2014 Vinicius Afonso Prosa Poética 788

Meu coração dói, mas sim, estou vivo.

Com a certeza de que devo te amar.

Escrevo para me livrar das mágoas.

Escrevo pra que eu possa te encontrar.

Sinto meu coração apertado.

Sinto que eu devo lutar por você.

Escrevo para me livrar das mágoas.

Escrevo pra não te perder.

O modo como eu lhe tenho nos braços, poucas palavras ditas, com apenas um olhar.

Te vejo tão perto, te sinto tão longe, em um instante sinto você se aproximar.

Paixão temporária, atração passageira, amor que não vai acabar.

Procuro os teus olhos, desenho tua boca, vim cuidar de você e ninguém tomará o meu lugar.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
UM GATO NO ESPELHO há 6 horas

Um gato, parado diante do espelho do quarto de sua dona, discutia com...
madalao Infantil 14


Tudo junto e misturado há 13 horas

Tudo junto. Misturado. Animado. Apaixonado. Completamente dado e entreg...
anjoeros Poesias 14


Quando senti vontade de amar... há 13 horas

Prefiro ser acusado de amar demais do que ser reconhecido por ser aquele q...
anjoeros Poesias 10


Meu café há 1 dia

UM CAFÉ SEMPRE CAI BEM...ANTES DO ALMOÇO,DEPOIS DELE... TE FAÇO UM CA...
anjoeros Poesias 15


Ao pé do ouvido há 1 dia

Vem cá, menina... Deixa eu te falar, bem lá dentro do teu ouvido, tudo ...
anjoeros Poesias 16


Poesia viva há 1 dia

AMO VOCÊ,MINHA POESIA VIVA... TRAZES NO CORPO AS ESCRITAS DA VIDA OS MOM...
anjoeros Poesias 12