Fui Longe, Muito Longe!

19 de Agosto de 2011 Hermes & Toth Prosa Poética 111

Por que estou aqui? Onde o chão é tão frio!
Por que o vento que me toca, É sombrio e arrepia a alma?
Por que tão distante do teu calor? Por que estou aqui?
Às margens da memória, Onde os sonhos se perdem, E o sol não brilha?
Será que fui longe demais? Por que estou aqui? Onde não há volta Nem esperança?
Onde a sombra apaga Todas as chamas?
Será que fui longe demais? E não percebi o quão distante? Por que não esta aqui? Será que te deixei?
É! Não estás aqui! - Fui longe, muito longe! Tentando te encontrar.
Fui Longe, muito longe! - Tentando me achar! Longe muito longe... Pra então sozinho ficar.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 13


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 15


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 13


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11