Folhas caindo...

vestígios na mata

uma senda que guia

um traço na trilha faz

os dias em armardilhas

não há como prosseguir

sem o canto da cotovia

sem o pranto da despedida

alma que tudo desvenda os

seus mais íntimos segredos