Teu Amor Meu Invento

26 de Agosto de 2011 Hermes & Toth Prosa Poética 612

É sim verdade! É sim todo teu! - Meu olhar e meu coração!
E sei que não digo em vão. Sei que sabes! Antes mesmo que eu diga, Vês a verdade dentro de mim,
Eles não me deixam mentir, Nos meus olhos - escancarada!
É sou sim teu! De corpo, alma e além! - Sou sim do teu também, - Sim! Do Teu amor refém.
E de mim tens o melhor, Embora não reconheças - Por ser uma fraqueza, Ou outra que lhe pareça.
Mesmo que eu padeça.
E vivo num revés - insólita certeza! - Rasgos de solidão e paixão, Rasgos de saudade e vontade, Resquícios de felicidade - E de mim tens toda vaidade.
E assim jogadas ao vento, Mais uma vez que tento - e lamento!
Antes mesmo que me roubem o tempo, É teu amor meu invento! - E por hora me contento.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Livro sem letras" há 1 hora

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 6


Amor há 2 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 6


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 4 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 6


Amor de Primavera há 18 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 23 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 12