Sagrado coração que se encobre de esperança. faz do sentimento uma obra. algo para se guardar em noites de tempestade. Sente o gelado na face; as gotículas de deus. a água salgada. A imensidão sem fim. Aqui a alma se encontra. A febre e o torpor se ausenta, oferta a passagem, o frio aqui se torma brisa. conseguiu a cura. A promessa e o sopro de vida. vinde a mim que com ferro foi ferido. Vinde a mim o raio da tempestade; que em meus braços terás fortitude. Da minha vigília a gloria dos dias