Feitio do Tempo

03 de Novembro de 2012 Hermes & Toth Prosa Poética 625

Então revela-se o proposto, Não na exatidão do tempo, Mas na possibilidade dos segundos!
E tem sabor de passado - Nostálgico.
Sim! Feitio do tempo - Não mais que outro! Mesmo que eu diga - "Já não era sem tempo".
Então prorroga-se o Futuro, Mas infeliz não se apaga o passado!
Ele apenas se cursa - te reencontra!
Então se perde a hora - Momento! E seu sabor se torna amargo - Suportável.
E por fim talvez sejam apenas - Memórias.
Máquina fabulosa - Seria! Se o parasse - Horas... Sim! o tempo - Perigoso desejo.
Então chegará a hora que se cansará, se recolherá e então - Adormecerá.
E nada mais lhe fará sentido - Distante no tempo.
Mas seu despertar será breve, e seu recomeço - Inevitável.
E tomará o tempo nas mãos - E sobre ele regerá.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ETERNAL (rondó) há 11 horas

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 6


Sintomático há 16 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 37


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 3 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 79


"Bailei com a solidão" há 3 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 16


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 3 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 31