Vês Que tão Seus São os Meus

08 de Julho de 2011 Hermes & Toth Prosa Poética 563

Soando devagar e lento,
Como num pulsar de angústia,
Que me alenta e ampara em seu ritmo.
Faço-me silenciar num instante de pesar
Os toques de piano - meus desejos - tão meus.
Talvez na vontade de estar junto aos teus,
Vês que tão seus são os meus - e frágeis são.
Venho na canção afagar meu coração,
E ela vem e faz seu movimento - num intento,
E onde estas neste tempo?
Correndo - correndo - buscando – buscando.
Nos ciclos que se fecham nos ciclos da minha alma
E vou correndo - correndo e vou perdendo – perdendo,
E por quanto me prolongo - e, portanto sinto,
E sinto... E lá estou... E, onde estou?
E me perco... E de novo - e de novo.
Vês, que sois o pulsar da melodia? – não... Não estas a ver,
E neste tempo? Que sentes? - tão meus os seus? Não sentes!
E ao vento os seus e tão logo os meus,
Na melodia um desarranjo e nas notas o silencio,
Pulsa... Pulsa - vês que o novo se faz e tenta - e traz,
Tão sagaz teus laços e abraços que me envolvem no compasso.
Soando devagar e lento – lento,
Como num pulsar de angústia,
Tão seus os meus - tão longe os teus
Que mesmo correndo – correndo, não os posso alcançar.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
A Morte Em Cartaz, Cap 1 há menos de 1 hora

Prólogo Periferia de Atlanta, Quinta-feira, 23hrs:17min Marion re...
lordemoura Acrósticos 5


Sociedade Desalmada há 1 hora

Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta...
a_j_cardiais Poesias 25


LUSO-BRASILEIRO - Des-História Universal há 4 horas

LUSO-BRASILEIRO Assim como a cor d'olho não colore Aquilo que se tem ...
ricardoc Sonetos 6


Uma Tal Pedra há 21 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 24


Mundo da Gataria há 22 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 45


A história do amor há 22 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 35