Lembranças

30 de Agosto de 2013 Alany Aragão Prosa Poética 446

MINHA CABEÇA DÓI
ASSIM COMO MINHA ALMA
ELA SENTE DOR POR TUA FALTA
TUA AUSÊNCIA ME MACHUCA.

A CHUVA CAI LAH FORA
FRIA E BELA
OLHO A CHUVA MAS NÃO A VEJO
SÓ CONSIGO VER SEU ROSTO
E NOSSOS MOMENTOS FELIZES!

QUE FORAM TANTOS!!

VOCÊ ME ENTENDIA
VOCÊ ME ALEGRAVA...

LEMBRO DOS FILMES
DAS CONVERSAS
DOS LIVROS DE VAMPIRO
QUE ME EMPRESTAVA...

TANTOS MOMENTOS...
TANTOS PLANOS...
E VOCÊ SE FOI
SEM ME AVISAR
SEM ME DIZER NADA!


*Para meu melhor amigo, o "Botcha", que resolveu nos deixar por vontade própria, pois não suportava mais a dor que sentia dentro de si.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
" Amar é" há menos de 1 hora

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 10 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 31


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 10 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 15 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16