Paraíso Perdido

06 de Setembro de 2013 Elias Lima Prosa Poética 92

Tenho nadado em minhas pesadas lembranças
Tentando encontrar alguma solução ou uma esperança
Em meio às tempestades que congelam minha alma
Eu sinto que nunca encontrarei uma resposta nesse labirinto de dores e revoltas.

Tenho inventado histórias numa tentativa insana de me curar
Através dessas palavras sombrias e melancólicas
Eu insisto em acreditar que ainda há uma esperança
De que tudo que eu vivi e senti poderá um dia se apagar.

Me engano então.
A porta da minha prisão está trancada.
Não há volta.

Por toda a minha vida
Eu vivi trancado num quarto escuro
Assustado, traumatizado com tudo que vi,
Eu sei que vi mais do que eu podia aguentar
Senti dores que a alma não podia suportar
E por muitas vezes, eu desisti.

Nessa busca por respostas
Num desespero insano de encontrar uma saída
Eu consegui enxergar a criança que em mim que está morta
E sepultada agora, ela descansa.

Dormindo em seu infinito espaço no Universo
Ela chora querendo ressuscitar, querendo esquecer tudo que viveu
E acreditar que tudo que sentiu não passou de um pesadelo
E tentando voltar a vida
Ela se sente perdida e percebe:

Não há saída e nem cura
A saída é achar uma saída
A cura não existe sem amor e cuidado
E os nossos fantasmas fazem parte de nossa história
E os nossos próprios fantasmas nos encorajam a enfrentar a vida com mais força e ousadia, para quem sabe um dia, descansarmos disso tudo e podermos abrir os nossos olhos no nosso paraíso perdido.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
A Morte Em Cartaz, Cap 1 há menos de 1 hora

Prólogo Periferia de Atlanta, Quinta-feira, 23hrs:17min Marion re...
lordemoura Acrósticos 5


Sociedade Desalmada há 1 hora

Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta...
a_j_cardiais Poesias 25


LUSO-BRASILEIRO - Des-História Universal há 4 horas

LUSO-BRASILEIRO Assim como a cor d'olho não colore Aquilo que se tem ...
ricardoc Sonetos 6


Uma Tal Pedra há 21 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 24


Mundo da Gataria há 22 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 45


A história do amor há 22 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 35