Recuperando as cores. (pt. 2)

01 de Agosto de 2011 Netuh Rodrigues Prosa Poética 542

Cansei do clichê:
Abusei de você.

Amadurecer é lembrar de tudo o que já fez e refletir de uma forma diferente como refletia antes.
Nasci novamente.

Quero sentir algo mais forte, não mais com você; cansei de imaginar coisas.
Quando eu quero você, eu quero você.
Cansei de antíteses:
Feliz, porém triste.
Doce, mas rude.
Sentimentos opostos, vidas diferentes.
Cansei de esperar, mas não leve para o sentido repetitivo.
Cansei do amor monótono.
Falar de amor é redundante.
Não quero amor, quero paixão.
Loucura, afago, apego.
Quero o clandestino, o obsceno; a tua indecência.
Insano, maléfico, safado.
Quero a sensação do proibido, a degustação do repentino, a surpresa do inesperado.
Quero acabar dilemas, soltar algemas.
Quero, de uma forma diferente; recuperar as cores.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Te Desejar Só, Não Basta há 5 horas

Fico aqui te desejando... Mas você bota tanto empecilho, tanta dificulda...
a_j_cardiais Poesias 38


Só Fale de Amor Com Sinceridade há 5 horas

Não faz mal nenhum você dizer para alguém: Eu te amo! Não faz mal ...
a_j_cardiais Poesias 25


"Confesso-te que..." há 10 horas

Ao perder um grande amor, Confesso que até chorei, Mesmo assim tudo ...
joaodasneves Poesias 6


Vida Pela Via da Fé há 13 horas

O que poderia o ministério da Lei sob o Antigo Testamento, fazer por si m...
kuryos Artigos 9


Para quem é a Mudança da Lei de Moisés há 15 horas

O apóstolo Paulo afirma que o crente não está sob a lei e sim sob a gr...
kuryos Mensagens 7


Cultivando Observações - 1 há 17 horas

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 30