Amantes...

12 de Maio de 2014 JWILER Prosa Poética 463




Aparece no sorriso inesperado.
Pode ser num momento quebrado.
Aquele onde falta o chão e o céu.
Onde nos sentimos perdido entre os perdidos.

Na lua cheia ou no sol morno.
Vira um namoro. Tudo se ilumina.
Estrelas viram lamparinas no céu.
Iluminando os salões de bailes terrestres.

Ai tudo vira festa.
Falências viram ativos sem passivos.
Passivos viram ativos.
Centavos vistos como milhões.

Ah! Esse amor inesperado.
Ora escraviza, ora liberta.
Escreve contos de amor ou de horror.
Amantes, principio, fim ou começo...




Leia também
"Livro sem letras" há 1 hora

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 5


Amor há 2 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 6


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 4 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 6


Amor de Primavera há 18 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 23 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 12