Verão.

10 de Agosto de 2011 Douglas Porto Prosa Poética 677

Estação do ano, se você perguntar para algumas pessoas qual é a estação favorita grande parte vai dizer que é o verão, porque isso?Á! simplesmente porque o verão é O VERÃO...
Sem contar que é nele que se encontra o Carnaval onde estando com a família,amigos ou até sozinho,não importa você só tem que ser feliz.E nele também tem término de namoros que por ironia do destino o que era pra sempre acabou....
Tem também o começo de grandes amores que por um acaso se conheceram começando com a palavra: Prazer... E terminando com a frase: Até que a morte os separe...
Nele podem se encontrar amizades do tipo: “parece que te conheço desde pequeno”... ou aquela do tipo: Quem? Não lembro dele(a)...
Pode ser considerado por uns a pior época do ano, pela perda de alguém querido ou uma das melhores pelo nascimento de alguém que você será obrigado a amar... querendo ou não...
Viaje pra conhecer novos lugares, novas amizades, novos amores, novas historias... Mas não deixe pra viajar só no verão...afinal tem 9 meses pela frente...
É no verão onde você pode acumular histórias pra contar pros amigos, filhos ou até pros seus netos...Faça um luau,vá ver o pôr do sol ,depois vá ver o nascer do sol,faça uma loucura...de cada vez,abrace,beije,cante...
E deixe a tristeza de lado e lembre que isso tudo e só uma vez por ano e que sempre seu verão pode ser até o último... Então vamos aproveitar....

Afinal é Verão !

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Deixe Esse Amor Crescer há 8 horas

Deixe esse amor crescer... Ele está brotando em um coração árido. De...
a_j_cardiais Sonetos 28


Ás palavras não são mais meu legado. há 9 horas

Fiz-me silenciar por que te perdi! Tu me revogara a licença concedida, D...
elisergio Sonetos 6


Não há o que comemorar. há 9 horas

Não há de fato o que comemorar! A virgem do sertão não é independente...
elisergio Sonetos 6


A vida depois daqui! há 9 horas

Ver que a morte não é o fim, é o início! Disse-me com amor chamando de...
elisergio Sonetos 6


Os sentimentos podem se quebrar. há 9 horas

Apesar de tudo havia um quê de saudade, Sufocando todos os gritos de desp...
elisergio Sonetos 6


Tantos dedos em riste e nenhuma mão para ajudar. há 9 horas

Havia em mim aquele alto silêncio, E o velho monge insistia em quebrar. ...
elisergio Sonetos 6