Tudo que queria estava ali.
Na minha frente um mar maravilhoso.
No céu um dia frondoso.
Eu estava eu por inteiro.

Chutei a água que não reclamava.
Joguei areia limpa nas doces gaivotas.
Soltar-me era tudo que queria.
Havia pessoas, mas eu não as via.

Só tinha olhos para o cenário.
Coqueiros calmos.
Árvores com sombra e água fresca.
Sim: havia cascatas e paz.

Eis que do nada você invade a cena.
Cabelos brilhando como o sol.
Olhos refletindo a cor do mar.
Quem é você? Perguntei-me.

Não a esperava por aqui.
Essa pele macia...
Esse perfume gostoso.
E que andar sensual!

Como pode ser a mais bela no meio desta linda aquarela.
Quem lhe deu o poder de tanta sedução.
Errei! Só agora posso dizer – Eu e Ela.
E que este lugar é mais do que eu quis.
Este lugar, agora é perfeito...