Testemunho

08 de Junho de 2014 Elias Lima Prosa Poética 1256

Até o último segundo de vida eu quero papel e caneta.
Do mundo vou falar.
Borrando o papel de tinta, eu vou denunciar.

A minha última angústia quero expressar.
Só assim poderei partir em paz,
Com a minha missão cumprida.

De tudo quero dar testemunho
Da vida, do mundo, da existência
E da decadência disso tudo.

Da minha infância até cá.

Porque sempre fui introspectivo,
Fechado em mim mesmo
Calando minha voz quando precisava gritar
Engolindo minhas lágrimas quando precisava desesperadamente chorar.

Mas com uma caneta e um papel eu viro um guerreiro
Ganho asas e vôo
Ganho poderes e venço minhas dores
Ganho fé e venço este mundo.

Meus escritos são intensos
Melancolicamente eu escrevo
Pois meus sentimentos também são
E a minha solidão é um cão
Que late sem cessar em minha escuridão.

Então em meu último suspiro eu quero:
Um abraço quente e bem forte
Depois de chorar tudo em caneta e papel
Depois de gritar pela última vez tudo que vivi e senti.
Me despindo  para o mundo antes de partir.

Antes de fechar os olhos pela última vez
Para nunca mais, talvez,
Voltar.
Antes de nunca mais, talvez,
Sentir.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Traços Mudados há 5 horas

O tempo passou, e eu nem percebi... Meus Deus, o que mudou? Envelheci. ...
a_j_cardiais Poesias 24


Queimando os Últimos Cartuchos há 5 horas

Sinto que estou queimando os últimos cartuchos... Estou chegando ao fim....
a_j_cardiais Poesias 25


"Posso ser o poema" há 8 horas

Barcos que navegam, ao luar, as imensas ondas do mar até as nuvens lá n...
joaodasneves Poesias 6


"Vi em ti" há 16 horas

Em ti eu vi o sol, o mar senti o vento aprendi a viver, soltei o sentime...
joaodasneves Poesias 7


"Tenho" há 16 horas

Tenho amor para dar Paixão para receber Sei perdoar, mas não posso esq...
joaodasneves Poesias 10


"Queria ser o mar" há 16 horas

Queria tanto ser o mar Te abraçar com as minhas ondas Te desejar na arei...
joaodasneves Poesias 7