"Para ser autêntico você deve assumir inúmeras semelhanças, confundi-las e trocar suas etiquetas, para que no processo investigativo dos que o comparam a outros o resultado seja um número de influências e referências que seriam inviáveis para resumir e generalizar sua obra..." A cabeça caiu em cima dos braços, cansada de se equilibrar no pescoço, que mais parecia uma corda bamba nos últimos tempos. Sempre se perturbava pensando "Qual será meu legado?" Imaginação e silêncio podem produzir qualquer coisa. Adormeceu ouvindo uma voz que estava há mais de quinhentos quilômetros de distância