Desenvolvimento Sustentável entre o Discurso e a P

25 de Agosto de 2011 Guilherme Resenhas 2500

Como desenvolver as atividades econômicas e continuar suprindo os seres humanos em suas necessidades essenciais?
Sustentabilidade pode ser analisada pela ótica do bem-estar, do capital natural e do fluxo de serviços físicos. A análise da sustentabilidade pela ótica do bem-estar refere-se ao bem-estar das gerações futuras no mesmo nível das gerações presentes, de modo que o estoque de capital total se manteria no mesmo patamar. O enfoque do capital natural enfatiza a preservação dos recursos naturais e assume que o capital natural e o capital feito pelo homem têm limitadas possibilidades de substituição. A sustentabilidade, analisada pela perspectiva do fluxo de serviços físicos, enfoca a preservação do recurso selecionado em seu estado natural, de forma que o fluxo de serviços para as diversas atividades econômicas/humanas não seria interrompido.
O enfoque mais importante para a sociedade é o da dimensão do conceito de desenvolvimento sustentável para a formulação de políticas públicas. Neste sentido, SACHS (1997, 1993) elaborou vários critérios de sustentabilidade para o planejamento do desenvolvimento, os quais servem como orientadores de políticas econômicas e ambientais para os países:
a. A sustentabilidade social - Parte do princípio da justiça social, ou seja, embasa-se nos conceitos de melhor distribuição de renda e de bens.
b. A sustentabilidade econômica - Refere-se ao ótimo locacional e à gestão eficiente dos recursos, assim como de um constante fluxo de inversões públicas e privadas que, necessariamente, devem ser analisadas não somente pela ótica do retorno empresarial, mas também em termos de retorno social.
c. A sustentabilidade ecológica - Relaciona-se com o uso adequado dos recursos dos diversos ecossistemas, com destaque para os produtos fósseis e resíduos de origem industrial; esse processo de simbiose pode ser equilibrado por meio de tecnologias apropriadas ao desenvolvimento urbano, rural e industrial; define um arcabouço institucional ajustando o design das instituições a um novo modelo de proteção dos recursos naturais.
d. A sustentabilidade espacial - É adquirida a partir da eqüidade distributiva territorial dos aglomerados humanos e econômicos, objetivando minimizar o impacto nas regiões metropolitanas, proteger os ecossistemas frágeis e instituir unidades de reservas naturais a fim de proteger a biodiversidade.
e. A sustentabilidade cultural - Inclui soluções criativas para o conceito de ecodesenvolvimento, por meio de soluções específicas que possibilitem a continuidade cultural, contemplando-se a região, sua cultura e seu ecossistema. A questão da sustentabilidade dos recursos naturais mereceu destaque nas principais conferências sobre o meio ambiente.
É urgente que as empresas se preparem e gerem o desenvolvimento de tecnologias que poluam menos, como aquelas que utilizam a energia solar e a biomassa (energia gerada a partir de material biológico, vivo ou morto, de origem vegetal ou animal).
Sendo assim, a reação da empresa a essas pressões deve se materializar na consolidação e implementação de planos e rituais organizacionais que contemplem as questões ambientais.
O argumento do desenvolvimento tecnológico foi bastante utilizado pelas empresas como escudo contra o discurso dos ambientalistas. Segundo esse argumento, a tecnologia se desenvolveria numa velocidade maior do que a velocidade de degradação dos recursos naturais e, portanto, sempre se poderia produzir mais com uma menor quantidade de recursos disponíveis. Observe que nesse caso, trata-se de inverter essa lógica e utilizar as tecnologias para melhorar a qualidade do meio ambiente, dentro de uma perspectiva do uso sustentável dos recursos disponíveis (e não deixá-los a mercê de uma contínua degradação). Portanto, se as empresas adotam políticas tecnológicas sustentáveis elas estão contribuindo de forma mais efetiva para avaliar os riscos ambientais e melhorar a qualidade ambiental.
O texto Desenvolvimento Sustentável entre o Discurso e a Prática tem como principal objetivo analisar os Programas de Desenvolvimento Social realizados no Ceará e no Rio Grande do Norte, a fim de mapear o alinhamento do desenvolvimento sustentável com a reforma do Estado baseados na descentralização, integração das ações e a participação da sociedade. O programa atingiu grandes resultados, pois descentralizou o poder, forneceu alternativas de planejamento e execução das propostas, obteve a participação de municípios para execução e elaboração dos programas e promoveu mudanças culturais e avanços tecnológicos e científicos para atingir as prioridades do governo (meio ambiente, saúde, educação, saneamento e segurança). No Rio Grande do Norte não houve tanto êxito, pois este não conseguiu atingir os objetivos propostos, utilizou a centralização do poder executivo e estadual como ator principal para as ações de desenvolvimento, excluiu a sociedade do processo decisório e não criou órgãos institucionais responsáveis pela base do sistema de sustentabilidade. No Ceará, houve a adoção de um novo modelo de gestão com a renovação das estruturas políticas, ao contrário do Rio Grande do Norte onde os modelos tradicionais de gestão e mecanismos de centralização que alimenta o clientelismo político predominaram.
Pro fim perceberam que a importância e o apoio dado ao Programa de Desenvolvimento Sustentável é essencial para o alcance dos resultados futuros. Alcançar o progresso em direção a sustentabilidade é claramente uma escolha da sociedade, das organizações, das comunidades e dos indivíduos. A qualidade do meio ambiente irá depender das decisões da sociedade e do grau de responsabilidade que eles assumirem nas questões ambientais.


Leia também
O PERDÃO DE DEUS há 22 horas

Todos estão afastados de Deus por causa do pecado, Deus sempre buscou u...
denilson Mensagens 18


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO A IGREJA há 22 horas

Habita na igreja como seu templo, É derramado como chuva sobre a igreja...
denilson Mensagens 16


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 2 há 22 horas

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P2 Por Charles H....
kuryos Artigos 18


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 1 há 22 horas

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P1 Por Charles H....
kuryos Artigos 20


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO AO CRISTÃO há 23 horas

Habita em todo verdadeiro cristão e convence o pecador do seu pecado, R...
denilson Mensagens 14


MEMBROS DO REINO DE SATANÁS há 23 horas

As características dos membros do reino de Satanás, Adotam a increduli...
denilson Mensagens 18