Os anos de 2004 e 2005 foram reveladores pra mim, no que diz respeito às minhas experiências cinéfilas. Foram os anos que descobri maravilhado obras até então inéditas pra mim como: Laranja Mecânica, O Poderoso Chefão 1 e 2, Janela Indiscreta, Apocalipse Now, Taxi Driver, Um Estranho no Ninho e, como não poderia deixar de ser, vi também o fabuloso e transcendente Amadeus, de Milos Forman.




TEXTO COMPLETO, CLIQUE AQUI.