Das várias obras-primas da literatura ocidental, Os Miseráveis, de Victor Hugo talvez seja aquela que mais releituras teve para o teatro, TV e o cinema. A história gira em torno de Jean Valjean, que encontra-se preso sob a acusação de roubo. Perseguido pelo temível inspetor Javert, Valjean enfrenta as piores condições possíveis executando trabalhos forçados sob a implacável vigilância do inspetor. Assim, ao receber de Javert a tão sonhada liberdade condicional, Valjean
mesmo sofrendo com o escárnio das pessoas, tem a possibilidade de redenção ao conhecer um gentil Monsenhor que o acolhe dando-lhe abrigo e comida e perdoando-o depois que este rouba-lhe a preciosa prataria do lugar, salvando-o da prisão e ainda permitindo-o levá-los e refazendo sua vida com a venda dessas preciosas peças. Assim, abandonando sua antiga identidade e tornando-se um
respeitável empresário e prefeito de uma cidadezinha nos arredores de Paris, onde conhece Fantine, sensibilizando-se com sua situação e comprometendo-se em criar sua filha. E tudo isso sob a sombra da perseguição de Javert.



TEXTO COMPLETO, CLIQUE AQUI.