Certo dia, enquanto caminhava em sua plantação de milho, Ray Kinsella (Kevin Costner), um simplório agricultor do Iowa ouve uma “voz” sussurrante que lhe diz: “Se construir, ele virá”. Esta voz repete-se algumas vezes, deixando-o intrigado até o instante em que Ray tem uma visão de um campo de beisebol em sua fazenda. Convencido de que as vozes e a visão que teve possam estar relacionadas a um antigo ídolo de seu pai – “Shoeless” Joe (Ray Liotta) – Ray imediatamente dá início à construção do campo de beisebol, mesmo que isso tenha sérias implicações junto às precárias economias da família, bem como junto aos outros comunitários, que passam a julgar Ray como “excêntrico”. Tempos depois, a “mágica” acontece. O espírito de “Shoeless” Joe surge no campo recém-construído, passando a visitá-lo constantemente junto com seus antigos parceiros de time. Entretanto, Ray continua a ouvir a “voz”, que agora lhe diz: “alivie a dor dele”, levando-o diretamente à porta do recluso escritor e pacifista Terence Mann (James Earl Jones, numa interpretação fictícia do escritor J. D. Salinger) e junto à ele, vão ao encalço de outro ex-jogador, “Doc” Graham (Burt Lancaster), cuja trajetória no beisebol foi trocada pela medicina.



TEXTO COMPLETO, CLIQUE AQUI.