OH HOMEM!

28 de Janeiro de 2012 Maria Hilda Rondel 712

Oh homem! Teus calores me agitam,
E meu corpo fica em estado convulsivo.
Todos os órgãos, em orgasmo, gritam
Ao coração que quer ficar passivo:

Ame! Sinta os desejos que palpitam.
Entregue-se! Para quê ser fugitivo?
Oh homem! Teus calores me agitam,
E meu corpo fica em estado convulsivo.

Na cama, meus olhos os dele fitam,
A alma se desfaz num gemido impulsivo,
E nossas línguas desvairadas se atritam
No embate de um beijo atrativo,
Oh homem! Teus calores me agitam.

19/10/06.


Leia também
LUTA ARMADA há 6 horas

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 4


Paz Celestial há 17 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 11


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 1 dia

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 55


Poema Suado há 1 dia

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 44


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 19


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12