Não quero “fabricar” Poemas:
Escrever, por escrever...
Eu quero o sentimento,
a sensação que eu vivo no momento.

Registrar o amor, a paixão,
a loucura, o descaminho.
O vôo ou o canto
de um passarinho...

O que vale é esta hora:
O que os meus olhos vêem,
o que o meu coração sente...

O viver, mesmo sem ter Vivido...
O sentir, mesmo sem ter Sentido...
Sem a emoção, não vale.

A.J. Cardiais
08.10.2003