Não faço na poesia
só um jogo de palavras.
Minha alma está enraizada
até nas estrofes vazias.

Eu respiro os momentos,
sufoco as agonias,
visto as fantasias
e bailo conforme os ventos.

A poesia é a vida,
com seu vai e vem;
sua subida e descida...

Com toda sua loucura.
E, quando ela está sumida,
é o poeta quem a procura.

A.J. Cardiais