Soneto 2 - Cansada ainda estou!

28 de Outubro de 2011 SOL Figueiredo Sonetos 501

Cansada ainda estou!

Desdenhaste todos meus carinhos,
E tudo que a ti entregaste.
Nossas vidas e nossos caminhos,
Sem rumo assim tornaste.

Cansada estou pois me magoaste,
Com tua falta de afeto e amor.
Nova amada cada dia arrumaste,
Como és um eterno sonhador!

Te digo: só teu amor me bastaria,
Repleto de carinhos e teu calor,
Contigo uma vida inteira viveria.

Não quero nada de valor para mim,
Nunca seria feliz sem teu amor.
Sim, o meu amor é teu, enfim!


© Sol Figueiredo
11/07/2011 – às 00:15h

Publicado no Recanto das Letras em 11/07/2011 – Reeditado em 13/08/2011
Código do Texto: T3158625
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"A decadência" há 2 horas

Numa decadência sem fim. não paro de cair. Esta tudo muito escuro aqui,...
joaodasneves Poesias 6


"A Parede" há 2 horas

Esta parede que nos separa Tem que cair, assim falaremos de ti de mim Olh...
joaodasneves Pensamentos 5


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P4 há 11 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P3 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P2 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P1 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6