REFLEXÕES

16 de Fevereiro de 2012 Gilbamar de Oliveira Sonetos 555

Esmiuça-me a mente desnorteada
rompendo barreiras da imaginação
como a fazer reflexão inacabada
doce busca da mente pela emoção

É assim o voo rasante do pensamento
que tenta descobrir novo horizonte
onde descortine contentamento
quimera que se revele importante

Talvez sonhar revolucione o viver
ou caracterize somente a fantasia
toda ilusão, porém, faz acontecer

Além dos seus limites quem vislumbra
e navega no oceano da poesia
na orla da surpresa se deslumbra

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Amor de Primavera há 12 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 34


CICATRIZES há 17 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 5


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 11


PAU DE FITAS há 1 dia

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 2 dias

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 56


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 2 dias

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 13