Mar e Mato

12 de Maio de 2017 A.J. Cardiais Sonetos 207

Naquele mar...
Naquele mato...
Com este ato,
eu quis rimar.

Rimei
remei
passeei...
Me perdi.

Caí no mar,
saí no mato.
Sonhei...

Ao imaginar o fato,
de estar no mar
e no mato, acordei.

A.J. Cardiais
22.02.2011

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ALJÔFAR há 10 horas

ALJÔFAR Cintila sobre a face embevecida Essa lágrima só de maravilha...
ricardoc Sonetos 6


UM GULOSO CEGO NO CABARÉ há 10 horas

O homem chega no cabaré e a dona do brega oferece: -Tenho uma mulata e um...
reribarretto Humor 28


EM GRUPO há 12 horas

EM GRUPO Ser mais um entre muitos ou não ser? Eu, para bem ou mal, me ...
ricardoc Sonetos 7


CICATRIZES há 1 dia

As lágrimas não mais caiam, Pois já era um outro dia, Mas, ainda exist...
juniorcampos Indrisos 19


TODO O CÉU VAI TE PERTENCER há 1 dia

Não são só meu olhos que ficam feliz por te ver, meu corpo só sabe te...
juniorcampos Indrisos 14


Ê coração há 1 dia

Ê coração que gosta de bater, Com isso, eu que apanho... Acelera no pe...
juniorcampos Indrisos 10