ESPLÊNDIDO

Foi pouco antes de cair um aguaceiro...
A chuva vinha escura e, de repente,
O céu se abriu p'ros lados lá do poente
E luziu por um instante passageiro.

Quem andava comigo viu primeiro
E apontou admirado para frente:
Nuvens douradas por um sol ausente
Cobrindo majestosas todo o outeiro!

-- "Esplêndido" -- disse ela assim do nada,
Ainda que apressados pela estrada
Buscássemos das águas ter guarida.

Olhei e vi aquilo boquiaberto
Como pudesse haver no céu aberto
A luz de Deus em nuvens escondida.

Betim - 04 12 2017