ALJÔFAR

16 de Dezembro de 2017 RicardoC Sonetos 70

ALJÔFAR

Cintila sobre a face embevecida
Essa lágrima só de maravilha.
Assim uma mamãe e sua filha
Sorrindo d'emoção quase incontida...

Certas que assim será por toda a vida,
Pois, quanto maior o amor, mais se partilha...
E mesmo após a morte ainda brilha
Sua estrela no céu engrandecida!

Essa lágrima vale mais do que o ouro,
Visto tamanho amor o maior tesouro
Que deixam como herança para os seus.

Mas fique tal imagem registrada
Como memória sempre a ser lembrada
D'um amor semelhante ao amor de Deus.

Betim - 16 12 2017

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Paz Celestial há 7 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 7


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 22 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 40


Poema Suado há 22 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 35


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10