ENTRE MIM E TI

10 de Janeiro de 2018 RicardoC Sonetos 84

ENTRE MIM E TI

Não que a alegria tenha nos deixado,
Mas tantos os tremores; tantos sismos,
Que hoje, entre mim e ti, fundos abismos
Nos põem distantes mesmo lado a lado.

Camadas de rancor mal disfarçado
Cobertas de rasteiros egoísmos,
De tanto cultivar antagonismos
Por sobre cizanias do passado.

Firmados por contrato, os compromissos
Bem como as velhas juras e intenções
Lacrimam em meus olhos insubmissos

Pergunto: -- "O que supera estes senões?" --
Talvez os panoramas fronteiriços
Compartilhados pelos corações...

Betim - 24 04 1998

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Paz Celestial há 7 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 7


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 22 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 39


Poema Suado há 22 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 34


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10