Viver é uma mistura
de tudo: tristeza, alegria,
religião, ambição,cultura,
tempestade e calmaria.

Harmoniosamente tento,
na quietude do poema,
acomodar meu sentimento
sem transforma-lo em dilema.

Quem gosta de sofrimento
assiste novela
como divertimento...

O que passa na tela
só serve de alimento
para uma alma singela.

A.J. Cardiais
16.09. 2017