Não descrevo só
minhas horas saudáveis...
Descrevo também
minhas horas frágeis.

Descrevo minhas loucuras
e minhas fraquezas.
Descrevo horas duras
e horas de molezas.

Descrevo o que sinto,
o que vejo e o que passo.
Algumas vezes minto.

Eu rimo meu compasso,
conforme meu sentimento...
É só isto que eu faço.

A.J. Cardiais
15.08.2011