GESTUAL

13 de Abril de 2018 RicardoC Sonetos 15

Vontade d'expressar tudo sem falar nada
E n'algo inconsequente, igual um soco no ar,
Pôr tamanha energia onde fosse esmurrar
As fuças do sujeito atrás da papelada!...

Sem embargo, traduza a minha dor calada
N'um acesso tão amplo quanto sem lugar...
Como protesto eu fique a lhe gesticular
Com fúria me chispando ainda a má mirada.

Pareça-lhe agressivo ao passo que, agredido,
Consigo me indignar n'esse gesto incontido
Contra quanto me cala e me oprime e me aliena.

Eu, todavia, expresse algo quase inumano
Como explodisse então, pouco republicano,
Sem lhe verbalizar sequer palavra plena...

Belo Horizonte - 10 04 2018

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Mundo da Gataria há menos de 1 hora

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 26


A história do amor há menos de 1 hora

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 9


AFRO-AMERICANO - Des-História Universal há 1 hora

AFRO-AMERICANO Terra da Liberdade, a Norte-América Tornou republicana ...
ricardoc Sonetos 5


"Primeiro encontro" há 5 horas

Olha, te recordas da primeira vez que eu te vi? não foi só pra me distr...
joaodasneves Mensagens 5


John Owen - Hebreus 1 - Versos 4 e 5 – P3 há 11 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 9


John Owen - Hebreus 1 - Versos 4 e 5 – P2 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8