Roubastes

24 de Junho de 2011 Caetaninho Abe Sonetos 608

Tu me roubastes de mim em pensamento
Fez meu refugio ser Black Label
Destilou meu ideal de vivência,
Mesmo que durasse o contentamento.

Tu me roubastes de mim em coração
Dizes não fazer sentido amizade
Pós amor; Porém saudade bate forte
Acabrunhado olho e depois desisto.

Tu me roubastes de mim em vida
Não perdi risos por outros motivos
Porém ceguei-me por tempos sádicos.

Tu me roubastes de mim sem perdão de amor
Risos transformados em pranto por verbos
Arrependidos e orações cessando dor.

@opequenocaetano


Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 20 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 dia

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 6


No Vento da Literatura há 1 dia

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 38


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 15


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 10


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 11