Divagando pela favela,
penso nela
olhando a aquarela
do sol se pondo.

Vejo um pombo
fugindo do gavião
e um bem te vi
procurando confusão.

O ar é azul,
segundo a ciência.
E o céu é o quê?

O sol se esgueira
baixando sua bandeira,
para a chegada da noite.

A.J. Cardiais