Tímido

19 de Outubro de 2013 Samuel Henrique Sonetos 713

A primeira vez que te liguei,


Posso confessar muito eu gelei.


Aquele grande sentimento de amor


Tremia meu corpo com pingos de suor.



Batimento acelerado


Detonando comigo, aquela paixão.


Meu amor por você, está confirmado!


Por essa princesa... Vish! Aguenta coração!



Moça que naquele canto ficava


Que cada gesto seu, me impressionava,


E por ti mais me apaixonava



Aquele cara tímido e apaixonado


Espera a resposta sua:


_”Vem ser meu namorado!”


                                                                Samuel Henrique

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ETERNAL (rondó) há 10 horas

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 6


Sintomático há 16 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 37


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 3 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 79


"Bailei com a solidão" há 3 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 16


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 3 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 31