Mesmo que

07 de Novembro de 2013 Samuel Henrique Sonetos 472

Para trás estamos andando


Cada vez, mais nos afastando.


Desse jeito, uma coisa eu sei:


Tu sairás do meu pensamento




Contudo, no entanto,


Talvez aquelas lindas memórias, esquecerei.


E quando te ver, não voltar ao meu sofrimento


Do amor sem encanto




Mesmo falando tudo isso contigo,


Gosto de estar com você, me faz feliz.


Por isso, quero ser seu amigo.




Ah!  Não vá embora!


Que exista em muito tempo a nossa amizade


Que seja um dos motivos da minha e sua felicidade.




Samuel Henrique

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Minha humilde casinha" há 1 dia

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 15


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 54


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 13


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 14


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 10


Separação há 2 dias

Pensei que separação fosse fácil... Que fosse só deixar seu amor, e ...
a_j_cardiais Poesias 51