PERDE QUEM DORME
(Selda Moreira Kalil)

Tem gente que vai nos perdendo
Deixando-nos escapar entre os dedos
E entre uma razão e outra
Nossos corações vão se desfalecendo

Tem gente que não entende
Que em cada passo,há um caminho
Em cada jardim,há uma flor
E em cada pedra,um espinho

Tem gente que não entende e nem percebe
Que neste jogo de xeque mate
Quando bem lapidado pode fazer milagres

Tem gente que não entende
Que para colher é preciso plantar
Ama quem sabe, perde quem dorme e não percebe