Ah mais eu ainda escrevo

E quando sinto que te perco

Minhas mãos passam a esquentar

Tentando ter-te perto de mim.

Transformo meu amor em palavras

Que aquecem meu sangue

Tendo meu coração que a elas

E todo o meu amor bombear.

E assim mando embora a saudade

O que faz meu todo virar partes

Uma de um tão puro amor

E a outra de uma imensa vontade:

De estar ao seu lado e dizer amor!

Quase morri de tanta saudade...