Eu, poeta.

19 de Novembro de 2013 Elisergiopoeta Sonetos 322

Como poeta sou observador
Como observador sou detalhista
Pois são grandes só detalhes
Pequenos da vida.Ah como são.

Me inspiro com um olhar quente
Me apaixono por uma voz doce
Me emociono com palavras belas
Mas as uso como se não fossem.

Tenho sensibilidade,e amor no
Coração não adianta vaidade
Porque a beleza é sem noção.

Sou poeta por amor,por gostar
E também por ela,e minha vida
Sempre será assim...Eu poeta!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
""Ser deficiente, não é o final"" há 16 horas

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 9


"Não sei teu nome, só sei que foi bonito" há 17 horas

Foste embora com o chegar da alvorada não sei nem como te chamas só sei ...
joaodasneves Poesias 8


"Aqui se chama traição" há 22 horas

Esquece-me, como eu te esqueci De ti, não quero nem ouvir falar Não sei...
joaodasneves Poesias 9


Janela Para o Amor há 1 dia

Abra sua janela para o Amor... Não o amor de um só. O Amor de um sol, ...
a_j_cardiais Poesias 28


Desconstruções há 1 dia

Minha vida muitas vezes fica tão distante dos meus poemas... Quando as c...
a_j_cardiais Poesias 32


"Amiga cadeirante" há 1 dia

Vi alguém que me fez chorar, Enquanto eu passeava a beirinha mar, Ela ar...
joaodasneves Homenagens 10