No Centro do Coração

18 de Janeiro de 2014 Pr CJJacinto Sonetos 288

No centro do coração, onde minhas chagas furadas se curam

onde a semente da esperança se reforça na paciencia da dor

bem lá no intimo,onde  as folhas do azeite se derramam em efusão

os perfumes de puros afetos germinam entre sentidos remanescentes


No centro do coração onde a saudade entra e sai quando quer

onde o apreço pelo sagrado lustra as intimas palavras da compaixão

bem lá no profundo, onde a luz escreve essas paginas de canções epicas

além dos aromas desse fruto que é tão doce, o amor incrustado na alma


é dentro de nossas folhas de livros de alma aventureira

espirito revestido de todas as esperanças guardiãs da pureza que se reveste

naos abrigos de lugar tão extenso quanto os aros de saturno


bem ali, as flores desse sentimento nobre em sentido de todas as emergencias

se refaz como um campo de todos os berçarios estelares desses cosmos sem fim

quero apenas o amor pra mim, e repartir a todos, desde o centro do coração....



Clavio Juvenal Jacinto

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 7 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 14 horas

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 5


No Vento da Literatura há 15 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 30


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 13


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 7


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 10