Brevidades

13 de Fevereiro de 2014 Pr CJJacinto Sonetos 289

Terra: meus olhos vãos, vejo

Gentes, nos pálidos cortejos

Deposito de dores e finas alegrias

A noite escura e a luz do dia


Orbe: choros e densos sorrisos
No campo santo há tantos avisos

Regias lições que aprendemos

A ficta promessa, não aprendemos


Vida: tem fim, é tão breve

Como pluma suave é, mui leve

corre, escoa, derrama....rapidamente


Mundo: Todos aqui, sim estamos!

Como vento, voamos, todos vamos...

Pra todo sempre e eternamente


CJJ


Leia também
NA REBORDOSA há 1 hora

NA REBORDOSA Acordo e já começa a girar tudo... Olhos cerrados contra...
ricardoc Sonetos 4


PLEONÁSTICO n°2 há 21 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 23 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 5


A rua me aceita como sou há 1 dia

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 79


Não seja superficial há 1 dia

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 91


"Dia do amor" há 1 dia

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 14