Então tu me fizeste acreditar.

08 de Março de 2014 Elisergiopoeta Sonetos 341

Então tu me fizeste acreditar
Que em mim havia um monstro
Que de ti desconfiava e duvidava
Mas, isso tudo não era meu

Tu que me fizeste sentir assim
Tudo que acreditei não era de fato
O que eu tinha que acreditar
Todas as coisas agora mudaram

Já são várias as versões do mesmo fato
Eu agora não sei em qual acredito
Só que nada mais é verdade, sinto

Mentir com medo de me perder
Não te deixou me ganhar
As mentiras não tem durabilidade.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
LUTA ARMADA há 15 horas

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 5


Paz Celestial há 1 dia

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 12


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 2 dias

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 61


Poema Suado há 2 dias

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 50


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 20


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 15