As noites não simpatizam comigo
Ou talvez quem sabe ninguém
Elas intensificam o frio em mim
O que não me traz nenhum bem

Aceleram mais meu pensamento
E por isso não sei aonde vou
Mesmo eu estando paralisado
Eu não sei nunca onde estou

Nessas noites de tormentos
Não durmo mais do que penso
Intensificando em mim a dor

De pensar todos os pensamentos
Porque não mais posso sonhar
Sem dormir eu sempre estou.