Ah! Essa noite eu tive medo
Parecia até todo o medo do mundo
Eram vários os rostos no escuro
Mas, nada conseguia identificar

Estava o pensamento tão acelerado
Que mesmo eu estando parado
As vezes era necessário frear
Via meu corpo do alto de mim

Algumas presenças não eram boas
De outras eu não queria me afastar
Por toda plenitude da noite foi assim


A escuridão em meu quarto a reinar
Veio então a luz consoladora
Pensei não dormi, estava o sol a raiar.