Em outras vidas

14 de Março de 2014 Elisergiopoeta Sonetos 324

Passavam-se as vidas em sequência
Te encontrar sempre me fez viver
Te perdia em umas, achava em outras
Com a morte iniciando o viver

Provas intermináveis e difíceis
Nesse mundo de expiação
Ao me aproximar estava tu distante
Mas, sempre perto do coração

Antes de eu me aquietar
Havia um novo sofrer
Chegava a hora da dor d´alma

Tendo que me afastar de você
Até que pudesses voltar
Ou em outras vidas me ver.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Posso ser o poema" há 2 horas

Barcos que navegam, ao luar, as imensas ondas do mar até as nuvens lá n...
joaodasneves Poesias 4


"Vi em ti" há 10 horas

Em ti eu vi o sol, o mar senti o vento aprendi a viver, soltei o sentime...
joaodasneves Poesias 5


"Tenho" há 11 horas

Tenho amor para dar Paixão para receber Sei perdoar, mas não posso esq...
joaodasneves Poesias 8


"Queria ser o mar" há 11 horas

Queria tanto ser o mar Te abraçar com as minhas ondas Te desejar na arei...
joaodasneves Poesias 6


"Coração chora" há 15 horas

Ouço vento, as trovoadas estão-se a aproximar raios de sol a queimar a m...
joaodasneves Poesias 6


Dor e Reflexão há 1 dia

A dor que nos vem, e que achamos que é do nada, às vezes é do além. ...
a_j_cardiais Poesias 45