Frágil razão

22 de Setembro de 2012 josué Teoria Literária 656

Frágil razão

Cuidei de ti, como o borrifo cuida da roseira em dias de sol ardente, esperando como recompensas o exibir da flor, anunciando está pronta para conceber o fruto. Com a mesma esperança, gerada pela insinuação de um certo excitar, zelei de você, como alguém que numa mistura de cores, busca o tom que possa colorir o que , entre a moldura, há muito tempo era em preto e branco. E crendo que neste insinuar havia um fundo de verdade, e movido pelo coração, sem juízo, perdi o medo e expus os sentimentos; porém, como num desabar, esbarrei-me na decepção que não esperava ter... Caído, e quase convencido de que: estava vendo uma flor naquilo que ainda era um botão, retraí-me e fui reclamar ao coração, para que não mais me expusesse a encantos descabidos, fazendo-me pagar um preço já previsto e ecoado pela voz da razão. Mas ele, teimoso e impulsivo, se fez indiferente ao racional, e continua focando a direção do olhar no que lhe descompassa, no intuito de me fragilizar e me conduzir pelos caminhos que ele impulsionar; e com um ímpeto de vencedor, arrasta-me à urgência de quem procura matar a sede em tempos de águas secas.


Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 11 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 18 horas

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 5


No Vento da Literatura há 19 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 30


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 13


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 9


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 10