Me abstenho de Você

26 de Agosto de 2013 Cris Márcia Testemunhos 855

Então é isso!!
É assim que termina!!
É tudo meio conturbado, você me quer, porem quer todas as outras a minha volta,
eu sempre te disse que não era amor, que não tínhamos nada, mais você sempre
querendo mais, querendo muito mais do que eu posso e quero te dá,
você nem ao menos soube merecer o meu amor.
você quer me impor o seu jeito, seu jeito imaturo. Esse seu jeito irritante de fazer besteira e achar
que a vida é não se importar com nada nem com ninguém, ai como isso me irrita!!!!
Engraçado como a alguns dias atras eu estava conversando com um menino de
12 anos de idade e eu lembrei de você, por que aquela criança, mesmo com toda a
sua infantilidade que lhe é natural nessa idade, me pareceu muito mais madura que você,
sabe. parecia que ele me ouvia mais do que você, e me entendia também...
Quando me deparo com a sua presença, confesso que sinto-me incomodada, pois
percebo a expressão de prazer em seu rosto, por saber que me provoca tal desconforto....
affs... talvez eu não queira te amar, mesmo que eu ja esteja te amando sem saber,
porque eu sei que você não tem jeito, que nunca saberá aproveitar, nem valorizar o que
eu tenho a lhe oferecer, por isso que por mais que me doa, eu me abstenho de você...


Leia também
REMEXENDO OS GUARDADOS há 11 horas

Entre as páginas amareladas Dum velho romance de amor Guardei a carta pe...
madalao Poesias 11


CLAMOR ( rondel) há 11 horas

Justiça! Vivo clamando aos quatro ventos. Silêncio! Porque resposta eu n...
madalao Rondel 5


OH HOMEM! (rondel) há 11 horas

Oh homem! Teus calores me agitam, E meu corpo fica em estado convulsivo. ...
madalao Poesias 7


E AGORA? (rondel) há 11 horas

E agora? Que podemos fazer? Remediar é coisa que não adianta. O mal f...
madalao Rondel 7


CORPOS UNIDOS há 11 horas

E me puseste no teu leito, Com cuidados de amante perfeito. De desejos mi...
madalao Poesias 7


Defensoria há 23 horas

Estou como os advogados: procurando brechas, nas leis do sistema, para d...
a_j_cardiais Poesias 40